Vans adaptadas 2

Vans adaptadas estacionadas na garagem
Reprodução TV Vanguarda -Segundo a Prefeitura de São José, o atendimento das vans adaptadas está normalizado.

Depois de dez dias, o blog está de volta e com a resposta da Secretaria de Mobilidade Urbana de São José dos Campos a respeito do sistema vans adaptadas. Segundo a Prefeitura, o serviço está normalizado.

Mas o órgão público confirmou que o setor passar por uma reformulação a fim de aprimorar os processos de agendamento. O blog apurou que realmente todos os 20 carros estão em atividade no momento.

Criado em 1999, o serviço de vans adaptadas surgiu para atender a demanda de pessoas com deficiências físicas e motoras que não podiam usar o transporte coletivo convencional na época devido aos ônibus não terem acessibilidade.

Em 2008, o decreto que havia implantado o sistema foi reformulado, já prevendo que parte da frota de ônibus tinha plataformas de acesso e espaço para acomodar uma passageira em cadeira de rodas.

Porém, o decreto manteve a lista de prioridade de atendimento:

  1. Saúde/reabilitação
  2. Educação especial e regular
  3. Trabalho
  4. Esporte e lazer (aos fins-de-semana e feriados)

Em uma observação do blog, notou-se ao longo do tempo que, devido à forma em que são feitos os agendamentos – de 10 a 15 dias de antecedência – favorece quem utiliza as vans com mais frequência.

Ou seja, quem usa durante toda a semana como para estudar trabalhar leva vantagem por ter a certeza do uso, o que contradiz as regras do decreto. Será que quase uma década depois não seria hora dos critérios serem revistos mais uma vez?

Frota de ônibus acessíveis X vans adaptadas

Apresar de toda a frota de ônibus ter equipamentos e espaços reservados, isso não é suficiente para muitas pessoas com deficiência físico-motoras severas o utilizarem. Os caminhos que levam aos pontos de ônibus e até o próprio não têm condições de acessibilidade.

Além de que se houver um pessoa em cadeira de rodas já no transporte coletivo, outro na mesma condição fica para trás. Esses fatores levam os passageiros a preferirem usar as vans adaptadas, deixando ônibus como apenas alternativa em último caso.

Deixe um comentário