O capacitismo ainda sobrevive

Quando eu era criança, sempre ouvia os adultos dizerem para mim ou para os meus pais: “O importante é que ele é inteligente!”, na tentativa de me requalificar por conta da minha deficiência. Muitas vezes se dirigiam a outras pessoas por acreditarem que eu não poderia entender e responder. Aí, eu resolvia fazer algo fora desse … Ler mais