Caso de agressão a cadeirante, por vaga de estacionamento, completa um ano. Quem se lembra?

Nesta semana, completa-se um ano que estourou na imprensa o caso do advogado e cadeirante, Anatoli Morandini, que afirma ter sido agredido pelo delegado de polícia Damásio Marino, em São José dos Campos, após uma discussão por uma vaga reservada a pessoas com deficiência. A história ganhou repercussão nacional desde o inicio, pois o primeiro … Ler mais

Sexo sobre rodas: do mito ao autoconhecimento

Um dos maiores tabus que envolvem as pessoas com deficiência física é a sexualidade. O estereótipo de que quem tem alguma limitação física não pode ter relação sexual ainda permeia o pensamento de muitas pessoas, tanto as que tem a deficiência quanto quem não tem. A desinformação e o preconceito sobre as possibilidades de uma pessoa com … Ler mais

São José estreia com derrota no campeonato de basquete sobre rodas

O time de basquete sobre rodas ASES de São José dos Campos estreou com derrota no Campeonato Paulista da segunda divisão da modalidade por 62 x 20 para o time GADECAMP, de Campinas, fora de casa, no último domingo. É a primeira vez que o time joseense disputa o campeonato. Segundo o armador, Evandro Bonocchi, … Ler mais

Bom-senso também é incluir

Às vezes, as pessoas confundem inclusão com obrigação. Um exemplo clássico são as filas; não é toda fila que a pessoa com deficiência gostaria de passar à frente. Imagine a seguinte situação: um grupo de amigos sai para se divertir à noite e na entrada da casa noturna há uma fila enorme para entrar. As … Ler mais

Livro da semana: Na Minha Cadeira Ou Na Tua?

Título: Na Minha Cadeira Ou Na Tua? Autor: Juliana Carvalho Editora: Editora Terceiro Nome Edição: 1 Ano: 2010 Especificações: Brochura | 248 páginas Juliana teve seu encontro com a cadeira de rodas ao descobrir uma doença. Aos 19 anos. No livro, ela relata todas as emoções dos primeiros anos da nova vida. Em meio à … Ler mais

Um guia pro guia

Não é todo cadeirante que tem condições de sair tocando a cadeira de rodas por aí, principalmente pelas ruas da cidade. Mas vocês sabem que tem aquele povo que gosta de ajudar o cadeirante sem ao menos perguntar se precisa ou aonde ele vai. Pode parecer estranho, mas se outra pessoa encosta numa cadeira de … Ler mais