Caso de agressão a cadeirante, por vaga de estacionamento, completa um ano. Quem se lembra?

Nesta semana, completa-se um ano que estourou na imprensa o caso do advogado e cadeirante, Anatoli Morandini, que afirma ter sido agredido pelo delegado de polícia Damásio Marino, em São José dos Campos, após uma discussão por uma vaga reservada a pessoas com deficiência. A história ganhou repercussão nacional desde o inicio, pois o primeiro … Ler maisCaso de agressão a cadeirante, por vaga de estacionamento, completa um ano. Quem se lembra?