Obrigado, 2017. Até 2018.

2018

Todo mês de dezembro, a gente para um pouco a fim de avaliar mais um ano que passou. Posso afirmar categoricamente que 2017 foi um belo período de recomeço de uma vida. Aprendi e reaprendi muito.

Nele, durante minha recuperação, resolvi que deveria reativar o Reflexão Sobre Rodas para não perder a prática da escrita. E realmente isso foi muito importante, pois pude reencontrar o que gosto de fazer de fato: contar histórias e dizer o que penso.

Procurei publicar artigos e reportagens que pudessem agregar assuntos que tivessem interesse de diversas pessoas com deficiência, em diversos aspectos como política e o relacionamento interpessoal. Sempre com o objetivo de exemplificar de maneira prática os acontecimentos.

Nem tudo que gostaria consegui abordar, pois precisei conciliar o tratamento e depois o trabalho com os escritos aqui no blog. Para quem ainda não sabe, mantenho tudo por minha conta, sem ganhar nenhum centavo.

Mas levo tudo com a maior seriedade, aplicando os critérios jornalísticos e analíticos em cada texto, mesmo que nos mais pessoais.

Espero que em 2018, eu possa produzir ainda mais conteúdos aqui no Reflexão Sobre Rodas, com o auxílio dos leitores e seguidores nas mídias sociais. Por isso, está na hora de uma parada mais prolongada para recarregar as baterias e planejar a próxima temporada de publicações.

Desejo a todos os amigos do Reflexão Sobre Rodas um Feliz Natal e um Ano Novo iluminado.

Até logo.

Deixe um comentário