Brasil tenta manter a hegemonia nos Jogos Parapan-Americanos de Jovens a partir da próxima segunda-feira em São Paulo

Suelen Marcheski representará Santa Catarina durante o Parapan de Jovens São Paulo 2017 (Foto: Daniel Zappe/CPB/MPIX)

Cerca de 800 atletas de 20 países  disputam a partir desta segunda-feira (20) os Jogos Parapan-Americanos de Jovens. As competições, que terminam no dia 25, serão realizadas no Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro, localizado no Km 11,5 da Rodovia dos Imigrantes, em São Paulo.

Anfitrião dos jogos, o Brasil terá uma delegação de 261 pessoas, entre elas, 172 atletas que ao todo vão disputar 12 modalidades. Com idades que variam de 13 a 21 anos, os atletas brasileiros tentam mais uma vez terminar as competições na liderança do quadro de medalhas.

De acordo com assessoria de imprensa do Comitê Paralímpico Brasileiro, a delegação nacional teve 209 conquistas na última edição em 2013, realizada em Buenos Aires (Argentina). Foram 102 ouros, 65 pratas e 42 bronzes, na terra nos “hermanos”.

Medalhista de bronze na Rio 2016, a mesa-tenista brasileira Danielle Rauen conquistou sua primeira medalha internacional no Parapan-Americanos de Jovens na Argentina. Em entrevista ao site do São Paulo 2017, ela disse que as conquistas mais importantes da carreira devem muito à primeira conquista internacional dela, há quatro anos.

“Foi no Parapan de Jovens, em 2013, que minha carreira profissional deu um salto. Foi minha primeira medalha internacional. É um torneio que revela muitos atletas e dá a oportunidade dos mais jovens mostrarem seu talento e terem essa mesma oportunidade que eu tive”. Atualmente com 19 anos, Danielle vai reforçar a delegação brasileira nos jogos em São Paulo

A edição brasileira da competição continental de categoria de base será a maior da história, que começou em 2005, com cerca de 800 atletas com deficiência. Entre as modalidades em disputa estão    atletismo, bocha, futebol de 5, futebol de 7, goalball, judô, halterofilismo, vôlei sentado, natação, tênis de mesa e basquete em cadeira de rodas, além do tênis para cadeirantes. O torneio desta última será no Clube Espéria.

Deixe um comentário