Pense e manifeste-se

Há muito tempo, não vivíamos no Brasil um fenômeno social de manifestação (ou protestos, depende do gosto do freguês). Não sou nenhum cientista de plantão para ficar palpitando a respeito dos desdobramentos destes fatos. Conversei com várias pessoas, de diferentes filosofias para tentar entende-los. Como jornalista, estudioso do processo de comunicação, o que mais me … Ler mais