Maria de rodas, uma inspiração para o Dia das Mães

No ano passado, às vésperas do Dia das Mães, abordamos como era para uma mãe ter um filho com deficiência. Hoje, mais uma vez tratamos das mães, mas daquelas que elas próprias possuem deficiência.

Três mulheres, com muita determinação e cheias de experiências em comum para contar. Flávia Cintra, Carolina Ignarra e Tatiana Rolim dividem suas histórias com seus leitores no livro “Maria de rodas: Delícias e os desafios na maternidade de mulheres cadeirantes”, lançado na noite de ontem, em São Paulo.

“Maria de Rodas” propõe um mergulho sensível e apaixonado em um mundo tão igual e tão diferente. Para homens e mulheres, com e sem deficiência, que acreditam que o melhor da vida é viver.

Elas apresentam de forma clara e bem humorada as situações cotidianas e os sentimentos de mães desde a gravidez e as trajetórias das crianças. O livro reúne emocionantes histórias e importantes dicas que incentivam, motivam e informam mulheres cadeirantes, outras mulheres, casais, profissionais da saúde e pessoas interessadas em experiências, desafios e superação.

De acordo com a colunista da revista “Veja São Paulo”, Cláudia Matarazzo, a autora Carolina Ignarra narra a história de um voo para a Argentina, quando a assistente queria colocá-la na primeira fila, enquanto, seu marido e sua filha Clara estavam na fila 12. Ignarra conta:  “Ao questionar sobre o motivo ouviu a resposta padrão: “Senhora, podem aparecer outras prioridades”.  Qual prioridade pode ser maior? – me pergunto.”

“Maria de Rodas” ainda tem como colaboradoras Juliana Oliveira e Katya Hemelrijk. O livro também conta com uma edição em audiolivro.

Nota do blog: Elas são apenas alguns de muitos exemplos de mulheres cadeirantes que têm o desafio e a felicidade de criarem seus filhos, mas que valem de inspirações para quem tem vontade, porém, seus receios.

1 comentário sobre “Maria de rodas, uma inspiração para o Dia das Mães

  1. Também sou cadeirante.Já fui casada, sou mãe de duas filhas e tenho quatro netinhos.
    Hoje em dia, moro só e sou muito feliz.
    Ontem vendo o programa do Jô, me emocionei com os relatos da brilhante jornalista Flávia Sintra.
    Gostaria de saber, onde posso, aqui em Fortaleza onde moro, adquirir o livro dela pra comprar.
    Ficarei muito feliz com uma resposta.
    Desde já agradeço e aproveito para mandar um grande abraço às autoras pelo dia das mães.
    Yvone Mesquita.

Deixe um comentário