Férias de verão: prepare-se antes de viajar

Dezembro chegou. Neste mês e em janeiro, vamos dar dicas de férias para pessoas e grupos que tenham alguém com deficiência. É a Série Guia Turístico Inclusivo. A proposta é orientar quem possui alguma dúvida do que fazer e até mesmo de onde ir, durante as férias de verão.

Neste primeiro sábado, vamos ver quais são os cuidados que é preciso ter para antes de uma viagem. Além dos itens de segurança bastante abordados pelos meios de comunicação, é preciso prestar atenção naquele recurso “básico nosso de cada dia”: a Acessibilidade!

Por estar, geralmente, em grandes grupos, acontece de se esquecer de verificar se a casa, hotel, pousada, ou qualquer outro local tem acessibilidade.

É interessante, durante a negociação do aluguel ou de se fazer a reserva de um hotel ou pousada que se pergunte se há acessibilidade e não tenha vergonha em dizer que um deficiente se hospedará no local.

Quando eu era criança, meus pais e meus tios alugaram uma casa no litoral, mas ninguém se preocupou em ver se havia degraus ou não. Em uma das noites, eu estava ouvindo música no carro e de repente alguém me chamou. Estava bem escuro e no toco a cadeira de rodas, em poucos segundos, minha boca e meu nariz conhecem o chão de mármore da varanda. Resultado: um dente quebrado e um nariz inchado.

Lógico que isso pode acontecer com qualquer um que está em uma casa desconhecida nessas circunstâncias, mas sempre algo que poderia ser evitado.

Procurar saber também o tamanho dos quartos e principalmente do banheiro. Será raro encontrar um local que tenha acessibilidade plena, mas é importante que  não haja grandes empecilhos quando estiver na casa.

Hotéis e pousadas são obrigados a oferecer acessibilidade, por isso, em tese, seriam mais indicados a quem tem condições, porém, poucos respeitam a legislação, então, o melhor mesmo é pesquisar.

Alguém tem mais dicas de “pré-viagem” para dar?

Deixe um comentário