Acessibilidade: um desafio do Brasil

Há alguns dias, o Guia Inclusivo divulgou os dados preliminares do Censo 2010 relativos às pessoas com deficiência. Agora, perto do Dia Internacional dos Direitos das Pessoas com Deficiência, queremos tentar entender esses dados, que, em um primeiro momentos são números frios.

Essa parte da pesquisa foi feita através de amostragem, o que não representa o número real da população com deficiência, mas segundo o instituto, é muito próximo à realidade, quando são feitos todos os processos de análises.

Principal referência nos últimos dez anos, os dados de 2000 apontavam que 24,6 milhões de brasileiros que se declaravam com alguma deficiência física, motora, visual, auditiva ou múltipla. Estas mesmas variações, pesquisadas em 2010, apontam 45,6 milhões. Não é de se assustar?

Este número representa quase um quarto da população brasileira. Não vamos abordar detalhadamente os índices, mas sim, o que ele representa de desafio para sociedade como um todo no Brasil.

As iniciativas precisam surgir de forma conjunta, não apenas políticas públicas, ações de organizações não-governamentais ou de empresas que tenham interesse pelo segmento. Projetos de acessibilidade têm que ser encarados como necessidade e não como “bondade”. Diante dessas estatísticas, é impossível imaginar que sua empresa não receberá alguém em uma cadeira de rodas, com deficiência visual ou auditiva, como funcionário, cliente ou prestador de serviço.

Aí, alguém vai perguntar, como vou me adequar se não sei qual a dissidência a pessoa vai ter? Esteja preparado para tudo, utilize os conceitos de Desenho Universal. Um ator precisa chegar ao teatro e seu público também; o palestrante precisa chegar ao local da palestra, o professor e os alunos têm de estar nas escolas. Para que todos possam exercer suas atividades, oferecer acessibilidade está entre os principais desafios.

Porém para que isso aconteça de forma eficaz é necessário também que profissionais dos mais diversos segmentos estejam preparados para atender as expectativas deste público. Engenheiros e arquitetos bem preparados, professores treinados. Tudo para que haja a infraestrutura necessária.

2 comentários sobre “Acessibilidade: um desafio do Brasil

  1. Os dados abaixo podem fazer entender melhor a análise do resultado do censo 2010, apontada acima.

    A seguir apresentam-se os resultados por tipo e grau de severidade das deficiências:

    Brasil – 2010
    Deficiência Visual – 35.791.488
    Não consegue de modo algum – 528.624
    Grande dificuldade – 6.056.684
    Alguma dificuldade – 29.206.180
    Deficiência Auditiva – 9.722.163
    Não consegue de modo algum – 347.481
    Grande dificuldade – 1.799.885
    Alguma dificuldade – 7.574.797
    Deficiência Motora – 13.273.969
    Não consegue de modo algum – 740.456
    Grande dificuldade – 3.701.790
    Alguma dificuldade – 8.831.723
    Deficiência Mental/Intelectual – 2.617.025

    Fonte: Censo Demográfico 2010 – Resultados Preliminares da Amostra

    FONTE: http://www.portaldeacessibilidade.rs.gov.br/portal/index.php?id=noticias&cod=2128

Deixe um comentário