Guadalajara acabou, mas Londres é ali

O Brasil se consolidou como grande potência, quando se trata dos Jogos Parapan-Americanos, com 197 medalhas no total (81 de ouro, 61 de prata, 55 de bronze). Foram 30 medalhas douradas a mais que o segundo colocado, os Estados Unidos.

No último dia de competições, o Brasil ainda conquistou duas medalhas de ouro: no Futebol de 5 para cegos e no Judô feminino com Karla Ferreira; e uma de prata com Marques Grande, no Judô masculino.

O número de medalhas foi inferior ao conquistado em 2007, no Rio de Janeiro (83 ouros, 68 pratas, 77 bronzes), entretanto, a diferença em relação ao segundo colocado é significativa.

Mas o que os resultados apresentados em Guadalajara podem influenciar nos Jogos Paraolímpicos, em Londres, no ano que vem?

Lá, o Brasil enfrentará outras potências paradesportivas do resto do mundo, inclusive, os atletas de primeira linha dos Estados Unidos, que não costumam representar seu país nos Jogos Parapan-Americanos. (Vide que os estadunidenses ficaram em terceiro lugar no quadro de medalhas e os brasileiros em nono lugar, com as delegações completas, em Pequim 2008).

O Comitê Paraolímpico Brasileiro planeja alcançar a sétima colocação nas competições em terras inglesas, em 2012. A pretensão de 2016, quando as Paraolimpíadas serão no Rio de Janeiro, é terminar os jogos na quinta colocação.

Realmente, não se pode ter os Jogos Parapan-Amenicanos como fiel espelho de resultados para as Paraolimpíadas, mas se deve tê-los como combustível de incentivo para surjam novos atletas com potencial, investimento de patrocinadores de eventos e competidores e assim se torne um ciclo em busca sempre da evolução do esporte para pessoas com deficiência no Brasil.

Comemoremos nossas conquistas em Guadalajara, mas com a consciência de que a evolução é constante  e o trabalho deve ser permanente.

Confira o quadro final de medalhas de Guadalajara:

Medalha
Posto País Ouro Prata Bronze Total
1 BRASIL 81 61 55 197
2 ESTADOS UNIDOS 51 47 34 132
3 MÉXICO 50 60 55 165
4 CUBA 27 16 11 54
5 ARGENTINA 19 25 31 75
6 COLÔMBIA 18 23 13 54
7 VENEZUELA 16 14 18 48
8 CANADÁ 13 22 28 63
9 JAMAICA 1 4 0 5
10 CHILE 1 0 3 4
11 REPÍBLICA DOMINICANA 0 1 1 2
12 TRNIDAD E TOBAGO 0 0 2 2
13 PERU 0 0 1 1
Fonte: Site Oficial dos Jogos Parapan-Americanos Guadalajara 2011

Além de Londres 2012, o Parapan-Americano de 2015 será em Toronto, no Canadá, evento que antecede as Paraolimpíadas Rio 2016.

Aproveite e deixe também seu comentário sobre a cobertura do Guia Inclusivo nestes jogos. Sugestões e críticas fundamentadas são sempre bem-vindas.

3 comentários sobre “Guadalajara acabou, mas Londres é ali

  1. É isso aí Daniel! Acho que o que mais importante é observar a evolução do esporte brasileiro após os jogos Pan a Parapan do Rio de Janeiro.
    O que fica é a esperança de que a Copa do Mundo e as Olimpíadas de 2014 e 2016 multipliquem e acelerem ainda mais estes resultados.

    Abraço!

Deixe um comentário