Como deixar o ambiente um pouco mais acessível?

É bem comum encontrar lugares, principalmente casas e escritórios, que mesmo sem escadas e degraus, possuem problemas de acessibilidade para cadeiras de rodas e pessoas com deficiência visual.

Muitas vezes, algumas mudanças na organização do mobiliário desses locais podem colaborar para que o acesso se torne mais fácil. Encostar as mesas ou bancadas nas paredes dos cômodos é uma solução simples que aumenta o espaço para que as pessoas em cadeira de rodas transitem sem grandes dificuldades.

Para que o ambiente se torne mais acessível, caso não seja possível dispor todos os móveis encostados, é importante respeitar a distância mínima de 80 cm entre eles, pois, assim, uma cadeira de rodas tem sua passagem tranquila garantida, por exemplo.

Quando um cadeirante chega a uma casa onde se depara com um tapete na porta, ele, com certeza, encontrará alguns problemas para transpor aquela barreira, pois, além do desnível provocado pelo objeto, as rodas dianteiras da cadeira podem se enroscar e provocar um “confronto” bem longo entre eles, em alguns casos, pode causar até um acidente.

Detalhes de móveis também merecem ser observados, em situações que precisem de um pouco mais de acessibilidade em casas, menos práticas. De acordo com o blog Arquitetura Acessível, na sala é interessante que os sofás não tenham um dos braços para facilitar a transferência de quem está na cadeira de rodas.

No quarto, se a cama puder ser feita sob medida à altura da cadeira de rodas, também facilita a transferência. A escrivaninha ou a mesa do computador tem de estar conforme a altura em que o cadeirante está.

Este artigo não tratou de banheiros, pois é um assunto que merece um destaque especial em outra oportunidade. O relato foi baseado em textos do blog Arquitetura Acessível e na experiência do próprio autor.

1 comentário sobre “Como deixar o ambiente um pouco mais acessível?

Deixe um comentário