Você conhece o vôlei sentado?

Do Google ImagensTodos sentados no chão, a mais ou menos 1,15m de altura. Esta é a versão paraolímpica do vôlei. São seis jogadores em cada time, podem competir amputados, paralisados cerebrais, lesionados na coluna vertebral e pessoas com outros tipos de deficiência locomotora.

Com regras bem semelhantes ao esporte convencional, é permitido o contato das pernas de jogadores de um time com os do outro, porém as mesmas não podem atrapalhar o jogo do adversário. Em nenhum momento o jogador pode perder contato com o chão. No voleibol paraolímpico, o saque pode ser bloqueado.

História

A primeira vez que o vôlei sentado esteve em uma Paraolimpíada foi em Toronto (Canadá), 1976, mas não houve disputa, apenas jogos de exibição. Na competição seguinte, na Holanda, a modalidade foi incluída. Entretanto, a primeira e única vez que o Brasil participou, foi nas Paraolimpíadas de Pequim em 2008.

O voleibol paraolímpico é organizado internacionalmente pela Organização Mundial de Voleibol para Deficientes (WOVD). No Brasil, a modalidade é administrada pela Associação Brasileira de Voleibol Paraolímpico (ABVP).

Classificação funcional

O sistema de classificação funcional do voleibol é dividido, portanto, entre amputados e les autres. Para amputados, são nove classes básicas baseadas nos seguintes códigos:
AK – Acima ou através da articulação do joelho (above knee)
BK – Abaixo do joelho, mas através ou acima da articulação tálus-calcanear (below knee)
AE – Acima ou através da articulação do cotovelo (above elbow)
BE – Abaixo do cotovelo, mas através ou acima da articulação do pulso (below elbow)

  • Classe A1 = Duplo AK
  • Classe A2 = AK Simples
  • Classe A3 = Duplo BK
  • Classe A4 = BK Simples
  • Classe A5 = Duplo AE
  • Classe A6 = AE Simples
  • Classe A7 = Duplo BE
  • Classe A8 = BE Simples
  • Classe A9 = Amputações combinadas de membros inferiores e superiores

Em les autres são enquadradas pessoas com alguma deficiência locomotora. Atletas pertencentes a categorias de amputados, paralisados cerebrais ou afetados na medula espinhal (paratetra-pólio) podem participar de alguns eventos pela classificação les autres.

Com informações do Comitê Paraolímpico Brasileiro

1 comentário sobre “Você conhece o vôlei sentado?

Deixe um comentário