Ônibus intermunicipais não têm acessibilidade

Ter o Litoral Norte como origem ou destino em uma viagem de ônibus é um desafio para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida. Estas pessoas têm enfrentado dificuldade de acessibilidade para utilizar os ônibus da empresa Litorânea.

Apesar de alguns veículos possuírem o símbolo internacional de acessibilidade, o passageiro com deficiência precisa ser carregado para entrar, pois não têm elevador. É o que conta a cadeirante Damiana Soares, moradora de Ubatuba. “Ônibus com adesivo de acessibilidade significa ‘acessível’. O que eles estão fazendo é propaganda enganosa”, desabafa.

Ela ainda relata que quando foi perguntar a um motorista se o ônibus era acessível, ele respondeu que não era, mas que havia pessoas que poderiam ajudá-la a subir.

Damiana finaliza dizendo que já reclamou para a empresa Litorânea, porém, não teve sucesso.

Após várias tentativas de entrar em contato com a empresa, o Guia Inclusivo só conseguiu obter informações através do Serviço de Atendimento ao Cliente. O funcionário confirmou que não existem recursos de acessibilidade nos ônibus da Litorânea. Ele sugeriu que se pedisse ajuda para outras pessoas, até mesmo de passageiro.

A Pássaro Marron, pertencente ao mesmo grupo, também apresenta o mesmo problema. Entre as cidades do Vale do Paraíba que ela atua, está São José dos Campos, a empresa ainda é a responsável pelas viagens para São Paulo.

Lei e normas

Esta situação não condiz com o que determina a Lei Estadual 12.907/2008. Segundo a legislação vigente, os veículos de transporte coletivo devem seguir as normas técnicas de acessibilidade.

As normas NBR 15570:2009 e NBR 14022:2006, da Associação Brasileira de Normas Técnicas, especificam as dimensões acessíveis para o transporte coletivo em todo território nacional. A NBR 15646:2008 trata dos requisitos das rampas e plataformas elevatórias e completa as outras normas.

4 comentários sobre “Ônibus intermunicipais não têm acessibilidade

  1. ola Luis Daniel.Sou a Mariana irmã do Rodrigo, e com ele acabei vivendo muito do que é essa grande e velha dificuldade do transporte para deficientes. Essa me parece uma historia velha e sem fim não ?! otima materia.
    abraços e parabens pelo site.
    Voces estão de parabens.

  2. Este caos está em todas as cidades do Brasil. Belo horizonte por exemplo ,tem ônibus,com elevadores,mas na maioria das vezes estão desligado. Cadeirante tem que esperar ligar pra ele subir e muitas ocasiões alguém tem que empurrar a cadeira,nem todos têm o equipamento…..

Deixe um comentário